Bonito News
Cotação

Parece que choveu muito, mas volume de dezembro está dentro do previsto

Publicado em 15/12/2016 17:18 Editoria: Cidades News sem comentários Comente!


A impressão do campo-grandense é de que a quantidade de chuva que atingiu a cidade nos últimos dias foram incomuns ou exageradas, porém conforme tabela do acumulado em Mato Grosso do Sul, divulgada pelo Cemtec (Centro de Monitoramento de Tempo, do Clima e dos Recursos Hídricos de Mato Grosso do Sul), nesta quinta-feira (15), não choveu nem a metade do esperado para o mês inteiro.

A tabela do acumulado de chuvas, que traz um balanço de 1º a 14 de dezembro, informa que até o momento choveu 101,8 milímetros, o equivalente a 45% do esperado para todo o mês, que é 224,9 milímetros.

Apesar do clima nublado nesta quinta-feira, não há previsão de chuva, porém o fenômeno deve retornar no sábado (17), conforme o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

Últimas chuvas

No último dia 8 de dezembro, um temporal de cerca de 3h, causou muitos transtornos e prejuízos pela cidade. Na Avenida Ernesto Geisel, na rotatória que conecta a via à Avenida Rachid Neder, por exemplo, um problema bastante específico se repete: alagamento. O córrego Segredo transbordou e o local ficou debaixo da água.

O asfalto do Nova Lima voltou a esfarelar e uma cratera de quase 5 metros se formou na Rua das Balsas, no Estrela do Sul. O trecho da avenida Afonso Pena, entre a 13 de Maio e 14 de Julho ficou alagado e o canteiro central foi tomado pela água. O Rio Anhanduí também transbordou.

Na Fernando Corrêa da Costa, o córrego Prosa transbordou e um Ônix foi arrastado. O temporal somou 84 mm, em apenas duas horas de chuva, conforme a Defesa Civil Municipal. O volume de água registrado equivale a 37% do esperado para todo o mês de dezembro, que é 224,9 mm.

Já dia 13, uma árvore atingiu três veículos e bloqueou a rua. Verdadeiros lagos se criaram no lugar de ruas. Casas alagadas, carros ilhados, asfalto esfarelando e até clínica odontológica alagada. O meteorologista da Universidade Anhanguera-Uniderp, Natálio Abrahão, afirmou que Campo Grande registrou 76,8 milímetros (mm) de água, durante 1h50 de chuva, e vendaval de 46km/h.

› FONTE: Bonito News (www.novo.bonitonews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: