Bonito News
Cotação

Suspeito de matar jornalista a tiro é preso e diz que intenção era apenas assustar

Publicado em 28/12/2016 07:09 Editoria: Cidades News sem comentários Comente!


João Rodrigues Lopes, de 59 anos, suspeito de matar a tiro o jornalista Nicodemos Moura Rodovalho de Alencar, 53, foi preso na tarde de ontem, escondido na casa de um amigo, no Jardim Colúmbia. Lopes confessou o crime e disse que intenção era apenas assustar a vítima.

Delegado responsável pelas investigações, Valdir Benetti, disse que suspeito informou que intenção era dar um tiro na lanterna do carro da vítima. Nicodemos foi morto com pelo menos um tiro na cabeça enquanto dirigia, na Avenida Cândido Garcia de Lima, no bairro Nova Lima.

Ainda segundo versão apresentada pelo suspeito, pivô do assassinato foi uma jovem, com quem ele tem uma filha de 4 anos e que também teria um relacionamento com a vítima. Mulher estaria sendo perseguida e ameaçada pelo jornalista. 

Ontem, jovem registrou boletim de ocorrência contra Nicodemos por ameaça na 2ª Delegacia de Polícia Civil. Ela foi ouvida pela polícia e inicialmente não há suspeita de que tenha tido participação no crime.

Suspeito afirmou ao delegado que também estava sendo ameaçado e, por este motivo, queria dar um susto na vítima. Depois de preso ele informou onde estava o carro, escondido na casa de outro amigo, e a arma, um revólver calibre .38, usados no crime.

João Rodrigues foi indiciado por homicídio qualificado na 2ª Delegacia de Polícia Civil e deve permanecer preso por conta do flagrante.

O CASO

Jornalista foi assassinado na manhã de hoje na Avenida Cândido Garcia de Lima, no bairro Nova Lima, enquanto dirigia um veículo Corsa. Ele perdeu o controle do carro e colidiu com o muro de uma residência.

Dono da casa onde o carro colidiu disse que escutou barulho de apenas um tiro e logo na sequência a batida no muro. Vizinhos chamaram socorro, mas quando Corpo de Bombeiros e Samu chegaram, o homem já estava morto.

› FONTE: Bonito News (www.novo.bonitonews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: