Bonito News
Cotação

Elite da Corrida de São Silvestre terá dois atletas de Mato Grosso do Sul

Publicado em 30/12/2016 08:52 Editoria: Cidades News sem comentários Comente!


Sem nenhum sul-mato-grossense no pelotão de elite da edição passada, a São Silvestre 2016 volta a receber dois maratonistas de Campo Grande: Vilmar Dias, 34 anos, e Rosinha Conceição, 38 anos. A dupla conseguiu índice para largar entre os melhores corredores da mais tradicional prova de rua brasileira. Em sua 92ª edição, o evento será realizado amanha, dia 31 de dezembro (ver programação ao lado), com 15 quilômetros de percurso pelas ruas e avenidas de São Paulo. 

Com número limite de participantes, a São Silvestre teve todas as 30 mil vagas preenchidas. Neste ano, 74 atletas largam na elite masculina e 46 na feminina. Em sua quarta participação, Rosinha espera melhorar a marca pessoal. “Não competi nos últimos três ou quatro anos, mas agora quero baixar o tempo de 1h15min para 58 ou 59 minutos”, afirma.

Para cumprir a meta, a atleta percorre diariamente, entre 20 a 35 quilômetros, em vias e parques da Capital. A rotina de treinos, porém, é dividida com a profissão de empregada doméstica, em uma casa na região central. De lá, após a jornada de 8 horas, Rosinha segue direto para as pistas, com a sapatilhas em mãos.

 Em algumas situações, quando deixa o expediente de serviço próximo ao anoitecer, a atleta improvisa. “Vou correndo para casa para evitar a escuridão. Não dá para treinar em longos percurso à noite”, diz a maratonista, que mora no Jardim Columbia, na saída para Cuiabá - a cerca de 15 quilômetros do serviço.

Rosinha volta à São Silvestre, após bons resultados ao longo do ano. Na Maratona Internacional de Assunção, em agosto, ela ficou na sétima posição. Com o tempo de 3h45min fez sua melhor marca na prova dos 42,2 mil metros, disputada em solo paraguaio. 

O campo-grandense Vilmar Dias será o outro representante de MS no pelotão de elite da São Silvestre. Em 2013, ele terminou a prova na 49ª posição, com o tempo de 51min30s. Sua última participação foi no ano seguinte, quando uma lesão o impediu de melhorar a marca.

Dividindo a rotina de atleta com a profissão de mecânico, Vilmar é forçado a realizar os treinamentos em dois períodos diários. Antes e depois do expediente na oficina. “Não é ideal, prejudica o rendimento. Para ser atleta de alto nível eu teria que treinar, descansar”, destaca.

Apesar da falta de preparação adequada, ele também garantiu o índice na São Silvestre, pela boa temporada em 2016. Na prova dos 10 quilômetros  realizada em Assunção, ele terminou na quinta colocação, com o tempo de 32min18s.

PROVA

A largada da São Silvestre será na Avenida Paulista, na altura da Rua Ministro Rocha Azevedo, e a chegada em frente ao prédio da Fundação Cásper Líbero. A organização da prova recebeu a inscrição de 101 atletas de Mato Grosso do Sul - a maioria por diversão.

› FONTE: Bonito News (www.novo.bonitonews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: