Bonito News
Cotação

Otimismo nas micro e pequenas empresas tem sido alternativa para crise

Publicado em 20/02/2017 09:30 Editoria: Cidades News sem comentários Comente!


As projeções de, pelo menos, estabilização da crise parecem ter sido suficientes para injetar otimismo nas micro e pequenas empresas sul-mato-grossenses. Conforme dados da Pesquisa de Expectativa, elaborada pelo Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa (Sebrae), para 62,4% dos empresários, o ano de 2017 será melhor do que 2016. A pesquisa foi realizada entre os meses de outubro e novembro do ano passado. Ao todo, foram ouvidos 6.617 donos de pequenos negócios em todo o País, em que o índice de otimismo é de 62,6%.

Ainda segundo os dados do Sebrae, mais da metade dos empreendedores do Estado, 55,8% ao todo, pretende adotar novas medidas para estimular as vendas em seus negócios, e 29% deles apontam o investimento em propaganda e marketing como principal ação nesse sentido. 

A pesquisa apontou ainda que os empresários também estão dispostos a modernizar seus empreendimentos. Dos entrevistados no Estado, 33,5% informaram que pretendem investir na atualização e adoção de novas técnicas para melhorar seus negócios.

O cenário também tem se mostrado mais favorável, ou menos nebuloso, para quem está pensando em abrir seu próprio negócio. Conforme a analista do Sebrae, Vanessa Schmidt, em Mato Grosso do Sul, a abertura de novas empresas ainda está em taxas menores do que o período antes da crise, mas começa a dar sinais de recuperação. Entre os setores que podem crescer no Estado, em decorrência do comportamento apresentado nos anos anteriores, estão alimentação e bebidas, alimentação fora de casa, vestuário e comercialização de peças para serviços de reparação. 

› FONTE: Bonito News (www.novo.bonitonews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: